1 – Check list

Antes da saída do veículo realize o check list diário

2 – Check list

Pise no acelerador bem de leve (pé de pena), pois os novos veículos possuem alto torque em baixa rotação e um acelerador ultrassensível. Com este procedimento você evita desgaste na embreagem e arraste de pneus na saída

3 – Parada do veículo

Dirija com previsibilidade e utilize freios auxiliares para realizar a parada do veículo. Evite frenagens bruscas.

4 – Término de uma viagem

Sempre que você chegar de uma viagem longa, aguarde uns 20 segundos para desligar o motor.

5 – Troca de marchas

Evite conduzir o veículo com a mão sobre a alavanca de câmbio, por segurança, as duas mãos devem estar no volante na posição (10 e 10). Além disso, poderá estar forçando o trambulador.

6 – Troca de marchas

Não há necessidade de trocar marcha por marcha, tanto para subir quanto para descer. Você pode e deve pular as marchas de acordo com a velocidade do veículo e giro do motor. Lembre-se de manter mais tempo possível no primeiro 1/3 da faixa verde.

7 – Condução em retas e velocidade de cruzeiro

O piloto automático pode ser utilizado nas retas. Isso evita que o motorista acelere desnecessariamente e precise ficar estabilizando a velocidade a todo momento. Como o piloto automático executa um comando, as vezes pode vir a consumir mais que um motorista experiente, fique atento ao giro do motor (1/3 da faixa verde)

8 – Condução em retas e velocidade de cruzeiro

Evite oscilações de velocidade. A cada retomada de velocidade, se consome combustível desnecessariamente. Lembrar da inercia

9 – Iniciando aclive

Quando estiver iniciando um aclive, acelere até a parte superior da faixa verde e embale o veículo para subir. Assim estará potencializando a inércia do veículo a seu favor.

10 – Final do aclive

No final do aclive, quando perceber que o veículo já está livre (o giro começando a subir), alivie o pé do acelerador e deixe a inércia (energia cinética) termine a subida.

todas as dicas extraídas do livro Consumo de Combustível Uma questão de atitude, de Luiz A. Pigozzo



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *